Reprodução

Matrizes saudáveis produzem leitões saudáveis e de bom crescimento, é disso que se trata a alimentação de porcas. Tudo começa com uma análise dos objetivos individuais da granja e dos requisitos das matrizes. Combinando esses requisitos com uma análise aprofundada e individual de sua granja, somos capazes de fornecer o melhor aconselhamento e as melhores soluções de nutrição personalizada para sua situação local e objetivos individuais.

Esta é a nossa contribuição para o desenvolvimento sustentável da criação

Fale com os nossos especialistas

Você se beneficia com nossa abordagem para matrizes

Nós sabemos que a realidade de cada granja é diferente. Cada suinocultor tem os seus próprios objetivos. Portanto, a visão da De Heus é que não existe uma solução única para todos para manter matrizes altamente produtivas. Para avaliar os requisitos, é necessária a medição da condição corporal. A condição corporal em combinação com sua meta de desempenho determina as necessidades nutricionais diárias eventuais e, portanto, o consumo de ração é o principal. Com base na condição corporal, na ingestão de ração e em seus objetivos de desempenho, uma abordagem individual para sua granja é projetada junto com você.



Existe algum desafio em que podemos ajudá-lo?

Fale com os nossos especialistas

PERGUNTAS FREQUENTES

Nós temos as respostas para as suas perguntas

O número total de leitões nascidos depende principalmente do número de oócitos ovulados. O crescimento e o desenvolvimento dos oócitos já se iniciam durante o período de lactação anterior. Um balanço energético negativo significativo e, portanto, uma perda significativa da condição corporal, será negativo no número de oócitos a ovular e, portanto, no total de leitões nascidos. A estimulação da produção de hormônio necessária para a ovulação no período entre o desmame e a inseminação também afeta positivamente o número de oócitos que ovulam. Uma dieta especializada para flushing pode apoiar a produção desse hormônio.

O número de leitões nascidos vivos é principalmente afetado pelo número total de leitões nascidos e pelo número de leitões nascidos mortos, já que o número de leitões nascidos vivos é calculado como o total de nascidos menos nascidos mortos.

O número de leitões nascidos vivos em primeiro lugar depende do número total de leitões, já que se o total de leitões nascidos for baixo também o número de leitões nascidos vivos será baixo. Para aumentar esse número, consulte como isso pode ser melhorado na pergunta anterior. A outra razão principal para um número reduzido de leitões nascidos vivos é o elevado número de leitões nascidos mortos. Se o número total de leitões nascidos for alto, porém o número de leitões nascidos mortos também for alto, o número de leitões nascidos vivos será baixo. A principal razão para um grande número de leitões nascidos mortos é devido a um parto muito longo. Se os leitões permanecerem por um período muito longo no canal de parto, eles podem ficar sem oxigênio por um longo período e, portanto, morrer durante o processo de nascimento. Esse processo pode demorar muito se as porcas tiverem pouco suprimento de energia e cálcio. A energia e o cálcio são necessários para as contrações musculares que são necessárias para transportar o leitão através do canal de parto. As dietas de transição especializadas para as matrizes visam um suprimento ótimo de energia e cálcio para estimular o processo de parto. Junto às escolhas de dieta, o calendário de alimentação pode apoiar o processo de nascimento para uma melhor distribuição do suprimento de nutrientes ao longo do dia e o suprimento de nutrientes da dieta o mais próximo possível do início do processo de nascimento. Finalmente, o manejo pode apoiar o processo de nascimento por meio da assistência ao parto.

O peso ao desmame dos leitões pode ser aumentado através do aumento da produção de leite da matriz e do aumento da ingestão de creep feed. A produção de leite das matrizes pode ser aumentada ajustando o horário de alimentação das mesmas durante o período de lactação. Em seguida, a composição da dieta da lactação pode ser ajustada, pois para uma maior produção de leite são necessários mais nutrientes. A De Heus tem conhecimento sobre quais nutrientes devem ser ajustados para aumentar a produção de leite das matrizes. É importante acompanhar o desenvolvimento da condição corporal das porcas, pois se a produção de leite aumentar, muitas vezes pode resultar em uma perda maior dessa condição corporal. Portanto, é importante 'reparar' esta perda de condição corporal durante o período de gestação seguinte, para preparar as matrizes para uma boa produção de leite no próximo parto.

Embora a ingestão de nutrientes pelos leitões via ração seja limitada em comparação ao leite da matriz, ainda assim ela contribui para o aumento do peso ao desmame dos leitões. A De Heus tem dietas especializadas para leitões que podem ser fornecidas como suplemento ao leite da matriz. O importante nessas dietas é a escolha das matérias-primas, uma vez que os leitões não conseguem digerir todas elas tão bem como os porcos mais velhos. A De Heus tem muitas recomendações de manejo para maximizar o consumo de ração dessas dietas de creep feed na sala de parto.