Fatores que influenciam a conversão alimentar de suínos na fase de engorda

02 janeiro 2022

Com o alto custo das dietas para suínos, os produtores buscam cada vez mais melhorar os resultados da sua produção, aumentando a eficiência produtiva. Dentre os índices zootécnicos mensurados na suinocultura, a conversão alimentar merece destaque, visto sua importância para ajudar a entender a eficiência do sistema. O índice da conversão alimentar do suíno é obtido através da conta feita entre a ração ingerida dividida pelo ganho de peso. Diversos fatores afetam a conversão alimentar sendo necessária atenção na busca da otimização do sistema produtivo.

Impacto da conversão alimentar dos suínos dentro de um sistema de produção

O alto custo da ração acaba influenciando fortemente no custo final de produção. No exemplo abaixo, podemos ver o impacto que a redução na conversão alimentar em uma suinocultura que termina 50 mil animais/ano pode trazer.Impacto da redução da conversão alimentar em reais

Figura 1. Impacto da redução da conversão alimentar em reais.
Considerando R$1,90 o kg da ração, podemos ter R$950.000,00/ano na redução de custo com alimentação.

 
Fatores que impactam na conversão alimentar

  • Granulometria da ração de suínos
    A dieta fornecida na forma farelada é comumente utilizada nos sistemas de produção, porém é importante o ajuste da granulometria deste alimento, pois partículas menores facilitam a ação de enzimas digestivas, melhorando a digestibilidade de nutrientes.

Resultados de conversão alimentar de acordo com o DGM do milho em dietas para suínos entre 28 e 60 kg e 28 e 100 kg.

Figura 2. Resultados de conversão alimentar de acordo com o DGM do milho em dietas para suínos entre 28 e 60 kg e 28 e 100 kg. ZANOTTO et al., (1999)

 

  • Forma física da dieta
    A peletização da ração, que é a transformação da dieta farelada em pellets através de temperatura, umidade e pressão, traz vantagens para a melhora da conversão alimentar.

    A qualidade dos pellets é de grande importância para que o sucesso seja obtido, visto que pellets de má qualidade - onde a ração apresenta alto teor de finos, não irão entregar a eficiência desejada.

  • Desperdício de ração dos suínos
    O desperdício de ração em virtude de má regulagem dos comedouros é um fator que também prejudica a conversão alimentar. Segundo Douglas Richards (2012), estimativas sugerem que entre 2 e 20% de ração nas granjas pode ser desperdiçado, sendo um valor médio de 3,4% aproximadamente apenas nos comedouros. Na tabela 1 temos o impacto do desperdício em relação ao custo e conversão alimentar.

    Entretanto, os comedouros não podem estar extremamente fechados, pois isso poderá provocar uma restrição de consumo e prejudicar o desempenho dos animais.

Índice do desperdício em relação ao custo/animal e conversão alimentar

  • As instalações dos suínos
    A instalação destinada aos animais precisa oferecer condições para que possam expressar seu melhor desempenho. Através dos dados de White et al. (2008) apresentados na tabela 2, podemos observar o impacto da temperatura e do espaço fornecido por animal na fase de terminação dos suínos.

Influência da temperatura e espaçamento/animal sobre o desempenho de suínos na fase de terminação

A conversão alimentar é uma mensuração muito importante dentro da suinocultura e, como vimos, temos diversos pontos que a afetam. Sendo assim, devemos buscar trabalhar estes pontos de forma conjunta em prol da otimização dos resultados zootécnicos e consecutivamente melhora da rentabilidade do produtor.

Alguma dúvida? Entre em contato.

Atendimento personalizado, garantindo a melhor performance das granjas e a lucratividade do produtor.

Diego Araújo

Formulador - Suínos

Referência Bibliográfica

 

RICHARDS, D. Feeder Management in the Grower-Finisher Barn. Disponível em http://www.omafra.gov.on.ca/english/livestock/swine/facts/12-035.htm. Acesso em 12 jan. 2022.

ZANOTTO, D. L.; GUIDONI, A. L.; MORES, N. Granulometria do milho em dietas para suínos nas fases de crescimento e crescimento-terminação. EMBRAPA, 1999. Disponível em<https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/58413/1/CUsersPiazzonDocuments232.pdf>. Acesso em: 11 jan. 2022.

WHITE, H. M., RICHERT, B. T., SCHINCKEL, A. P., BURGESS, J. R., DONKIN, S. S. and LATOUR, M. A. Effects of temperature stress on growth performance and bacon quality in grow-finish pigs housed at two densities. J Anim Sci 2008.86:1789-1798.