MUB

A tecnologia da Mistura de Umidade Baixa (MUB), utilizada com sucesso no exterior, está revolucionando a suplementação bovina no Brasil.

Suplementos para bovinos de corte e de leite

Fale com os nossos especialistas

Benefícios que vão além na nutrição

MUB é um suplemento completo rico em energia, proteína, macro e microminerais, vitaminas e aditivo melhorador de desempenho, obtido através de um processo controlado de desidratação do melaço da cana de açúcar. Por ser completamente sólido, seu modo de consumo, diversas vezes ao dia, melhora a constância do fornecimento de nutrientes ao rúmen e, por consequência, a capacidade de absorção dos mesmos. Os açúcares prontamente disponíveis, aliados às fontes de proteína do produto potencializam o desenvolvimento da microbiota ruminal, aumentam o consumo e a digestibilidade da forragem, melhorando a eficiência alimentar e o desempenho animal.


365 dias de resultados

Diferente de outros suplementos, MUB dispensa o uso de cochos, possibilita a suplementação em áreas de difícil acesso, otimiza a utilização e o manejo da pastagem, além de diminuir substancialmente as operações de salga na propriedade, resultando na redução de custo operacional com mão de obra e combustível.
Por ter característica sólida e a presença de óleo vegetal em sua formulação, MUB também é resistente à água e mantém suas características originais em casos de exposição à chuva e aos ventos.

  • Dispensa uso do cocho
  • Reduz custo operacional
  • Resistente ao clima
  • Tecnologia inovadora



MUB Science

Resultados obtidos em experimentos realizados no Brasil

PERGUNTAS FREQUENTES

Nós temos as respostas para as suas perguntas

MUB não demanda investimento em cochos saleiros. O produto é apresentado em baldes plásticos que devem ser dispostos diretamente no pasto, diminuindo assim custos associados a mão de obra, combustível e tempo de suplementação.
O processo de fabricação, juntamente com a inclusão de óleo vegetal na fórmula, faz com que o produto se torne resistente à vento e água, diminuindo assim o desperdício de suplemento. Em dias chuvosos, a água fica sobre a superfície do produto e é rapidamente consumida pelos animais.
Não. O melaço-de-cana, veículo do produto, após passar por todo um processo de fabricação e ser misturado a outros ingredientes, acaba fazendo do produto final, MUB, algo pouco atrativo para os insetos.
Não, MUB já contém sal branco e todos os outros macro e micro minerais necessários aos animais. O fornecimento de outras fontes de suplementação mineral pode interferir ou inibir o consumo de MUB.
Sim. O produto tem grande homogeneidade e uma forma sólida e consistente, tornando o superconsumo quase impossível e o produto repelente a água, eliminando os riscos de intoxicação por ureia ou qualquer outro ingrediente.
MUB pode concentrar os animais em áreas de difícil acesso no pasto, melhorando assim o manejo de áreas subutilizadas.
O veículo do produto é o melaço, ingrediente rico em energia (açúcares), que juntamente com as fontes proteicas, estimula o crescimento da população microbiana ruminal. Com isso, mais bactérias e protozoários estarão disponíveis para a digestão da forragem consumida, aumentando assim a digestibilidade dessas fibras. Resultado facilmente observado no tamanho diminuído das partículas de fibras nas fezes de animais consumindo MUB.
 
Com a melhora na digestibilidade da forragem, ocorre um aumento na taxa de passagem dessas fibras, e consequentemente, no consumo de forragem.
 
Outra consequência da melhora na digestibilidade dessas fibras, é o melhor aproveitamento dos nutrientes (energia, proteína, minerais, etc.) provenientes dessa forragem, tornando esse animal mais eficiente.
 
Outra peculiaridade é o consumo mais frequente do produto, tornando assim a ingestão de nutrientes mais constante em relação a outros produtos, diminuindo a perda via excreção de
Sim. Assim, o investimento em estrutura de “creep-feeding” torna-se desnecessário, diminuindo custos com estrutura e mão de obra para fornecimento de suplemento. Com os bezerros consumindo MUB junto às suas mães:
 
Bezerros tem um consumo antecipado de energia, proteína, vitaminas, minerais e aditivos.
 
Bezerros tem contato antecipado com a saliva das fêmeas adultas, favorecendo o desenvolvimento de sua microbiota ruminal. Esses bezerros vão iniciar o consumo de forragem com um rúmen melhor adaptado, e consequentemente, terão melhor aproveitamento das fibras, se tornando um animal mais eficiente desde jovem.
 
As vacas agora não estão mais recebendo apenas mineral, mas também energia, proteínas, vitaminas A, D e E, e aditivo, o que leva a um aumento natural na sua produção de leite.
 
E também, com o aporte extra de energia e proteínas em relação ao mineral convencional, esses animais tem um melhor ganho de peso e, por consequência, uma melhor condição corporal na próxima estação reprodutiva, o que leva a um aumento natural na taxa de prenhes desses animais.